web analytics

Sesimbrenses considerados violentos, racistas e xenófobos em Alfarim

alfar

A última jornada do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão de Seniores, em Setúbal, no jogo entre as equipas do Grupo Desportivo de Alfarim e o Vasco da Gama, ficou marcada por uma verdadeira “batalha campal”.
 
Aos 93´ minutos de jogo, dois adeptos do Alfarim entraram em campo e agrediram o capitão de equipa do Vasco da Gama quando o atleta da equipa visitante se encontrava no chão, saindo de seguida como se nada tivesse passado.
 
“Mais grave ainda, foram os comentários racistas vindos dos adeptos do Alfarim para com os nossos atletas. Durante todo o jogo, foram ofendidos com comentários xenófobos sobre a sua raça. Lamentável, vergonhoso, nojento. Isto não se faz.”, adianta o Treinador do Vasco da Gama, em comunicado, acusando a GNR de passividade e considerando a equipa de arbitragem tendenciosa e “super caseira”.
 
O jogo terminou com a vitória da equipa da casa por 3-0.
 
De acordo com Vítor Madeira, responsável pela equipa visitante, foi um “vale tudo” para a equipa da casa ganhar, sublinhando que são situações que não devem nem podem acontecer no mundo do futebol.
 
A redacção do site sesimbracultural.pt, apresenta desde já um pedido de desculpas à equipa visitante, em nome do municipio de Sesimbra, salientado aos envolvidos nos desacatos, que foi um atleta de raça negra, o jogador mais decisivo na conquista do primeiro título de campeão europeu de Portugal.