web analytics

Estacionamento pago em Sesimbra fez aumentar danos em automóveis

Danos automóveis

A integração de parquímetros na vila de Sesimbra está a provocar danos nos automóveis dos habitantes locais e dos turistas. Vários moradores da Vila de Sesimbra queixam-se de sucessivos estragos no seu veículo. Faróis partidos, chapa amolgada e vários riscos na pintura, são frequentes.
 
Os prejuízos nos automóveis dos moradores são cada vez mais visíveis, apesar destes, estarem a pagar ao município uma taxa anual recentemente criada para estacionar junto à sua residência.
 
Os Sábados e Domingos, tornaram-se numa espécie de “salve-se quem puder” para encontrar um lugar de estacionamento livre, devido aos preços altíssimos de estacionamento. A dificuldade de estacionar em Sesimbra, já era tão conhecida nacionalmente como a praia do Meco. Desde a concessão de parquímetros na zona central, a situação agravou-se.
 
Os turistas têm vindo a deixar de frequentar Sesimbra devido a toda esta situação. Tarifas altas de parquímetros, estragos nos automóveis, preços altos no sector de restauração, tirando o facto de que, quem já visitava a região, teria de percorrer vários quilómetros para chegar até à praia.
 
Contam vários moradores que, quando tentam estacionar em lugares impossíveis e menores que as dimensões dos veículos, para não pagarem estacionamento e fugir aos parquímetros, causam sucessivos danos nos automóveis de quem habita e frequenta Sesimbra.
 
“Estamos a pagar o lugar à porta de casa e é impossível estar 24 horas por dia a ver quem estaciona, a ver se é habitante local, se possuí o cartão de estacionamento para residente ou se é um visitante que foge às taxas de parquímetros.” , “Quem bate e faz estragos, acaba sempre por fugir, quem nos paga esses prejuízos que se acumulam cada vez mais? ” – Questionam alguns habitantes
 
Devido a estas condições e segundo as estatísticas dos anos anteriores, avizinha-se a pior época Balnear de sempre em Sesimbra.