web analytics

Desempenho de Sesimbra Cultural usado por autarquia para melhorar Ranking de municípios

sesmun

Num estudo realizado pela Bloom Consulting, o Município de Sesimbra ficou classificado em 28.º lugar – Portugal City Brand Ranking 2014. Com mais de dois anos de existência e sem qualquer reconhecimento e apoio, quer da parte da autarquia de Sesimbra, quer da parte de empresários locais, o nosso site contribuiu em 2014 inquestionavelmente para o desempenho na divulgação do concelho de Sesimbra.
 
Além de ser a entidade que alcança mais mercado digitalmente em Sesimbra, é o canal digital com a maior capacidade difusora em todo o concelho, diferenciando-se significativamente das restantes entidades locais com os mesmos objectivos e empresas.
 
O ranking foi elaborado através do desempenho de cada município em várias vertentes e baseou-se em dados estatísticos do Instituto Nacional de Estatística, Associação Nacional de Municípios Portugueses e da empresa portal Pordata.
 
A promoção do Município e comunicação através de sites e redes sociais, foi um dos indicadores de referência usado para o cálculo do desempenho de divulgação que contribuiu para rankear Sesimbra no turismo e para o seu posicionamento no 10º lugar.
 
O Digital Demand, uma das ferramentas usadas no ranking, “possibilita, pela primeira vez, a medição de algo que tradicionalmente é intangível: a performance de uma marca”, adianta Filipe Roquette.
 
A ferramenta, desenvolvida pela Bloom Consulting “faz uma medição e mapeamento das procuras online sobre um determinado tema associado a um município ou região e é capaz de apresentar estes resultados sob vários ângulos, como por exemplo, número total de procuras, número de procuras por tema, temas mais procurados, sazonalidade, origem das procuras e comparativo com outros municípios ou regiões”, explica o gestor.
 
 
sesmun
 
O boicote incompreensível da Câmara Municipal de Sesimbra e do Turifórum ao site Sesimbra Cultural, com a finalidade de desvalorizarem algo útil à própria comunidade por a iniciativa não ter vindo da sua parte e de apesar de estar impossibilitada de proporcionar a mesma qualidade em comunicação e divulgação digital, soma-se desta forma, às manipulações de toda a equipa autárquica CDU desde o início do projecto devido a este não ser gerido por um “camarada” e à recente premeditação de humilhação online do Presidente da Câmara Augusto Pólvora e do Presidente da Junta de Freguesia do Castelo Francisco Jesus.
 
Em ambos os contactos aos autarcas foi dado a entender que apoiariam e reconheceriam o mérito do site pela sua utilidade e potencial para a promoção do concelho. Posteriormente, deixaram de responder, tendo Augusto Pólvora após várias trocas de e-mail mudado subitamente o seu comportamento e respondido “Não continuarei esta conversa inútil”.
 
Não foram atitudes inocentes em nenhuma das situações e já anteriormente a autarquia de Sesimbra procedeu de forma idêntica no Caso Universidade Sénior da Quinta do Conde, impedindo os lesados posteriormente de apontarem factos inquestionáveis na Rádio Sesimbra FM para o público sesimbrense não perceber a veracidade dos mesmos.
 
Inicialmente o direito de resposta no Caso Universidade Sénior da Quinta do Conde estaria disponibilizado pela rádio mas posteriormente foi estrangulado ou retirado.
 
A CDU parece ser uma coligação partidária não democrática demasiado virada para si mesma e não para a sociedade.
 
Quando isso for demasiado evidente, restarão poucas câmaras comunistas em Portugal.
 
Nenhum partido que é sustentado por uma comunidade, pode ser mais importante que o bem estar dessa própria comunidade ou ficar acima da mesma.