web analytics

Pesca da sardinha proibida até ao final do ano

MARESFOTO3

De forma inesperada a comunidade piscatória foi surpreendida pela decisão das autoridades de proibir a pesca da sardinha até ao final do ano. A justificação reside no facto de se ter atingido já a quota de pesca autorizada pela União Europeia, e abrange quer os pescadores portugueses, quer os espanhóis, já que o controle dos stocks de peixe é feita para as águas comuns aos dois países.
 
A quota de pesca da sardinha tem vindo a sofrer reduções nos últimos anos, e foi fixada nas 1 4 mil toneladas para o corrente ano. Ainda surpreendida pela notícia, a comunidade piscatória nacional prepara-se para contestar a medida.
 
Em Sesimbra, a restrição da pesca desta espécie poderá ter consequências muito negativas: reduzindo o rendimento dos pescadores, prejudicando as empresas de pesca, colocando em causa o funcionamento das unidades congeladoras da Artesanal­ Pesca e da Docamarinha. Mas poderá também prejudicar as pesca do aparelho de anzol, que usa a sardinha como isco.
 
 
MARESFOTO3
 

Pesca Proibida

As traineiras sesimbrenses poderão tentar atenuar o problema com a captura de espécies como a cavala, mas dificilmente poderão colmatar os prejuizos que se adivinham, pois esta espécie tem sido vendida a preços muito baixos, apesar das campanhas que têm sido feitas para a sua valorização.
 
 
MARESFOTO3
 
Quem também deverá ser prejudicado é o consumidor, pois é previsível que esta restrição provoque o aumento do seu preço. A restrição das quotas de pesca já tinha dado um rude golpe na frota sesimbrense de pesca do espadarte, que tem vindo a desactivar os barcos que estavam dedicados a: ainda esta semana foi conhecida a notícia da venda da embarcação PARMA, cujo proprietário e mestre, entrevistámos em Julho passado.
 
A restrição da pesca da sardinha só durará até ao final do ano, mas é um sinal da diminuição desta espécie, podendo as restrições desta pesca ser agravadas num futuro próximo.
 

Texto: João Augusto Aldeia

 
Notícia extraída da 12ª edição do novo Jornal Mares de Sesimbra