web analytics

Emigrantes sesimbrenses com saudades da sua terra e país

emigrantes

Desde de 2008 que mais de 100 mil portugueses emigram para o estrangeiro e com o agravamento da crise, sentem o país cada vez mais longe. A saudade é causada sempre pelas lembranças. Quanto mais prolongada é a ausência maior é o sufoco no peito. As recordações que se confundem com a tristeza de uma vida que nos está a passar ao lado batem à porta em todos os instantes.
 

Fazem crescer a vontade de voltar à terra e de reencontrar os amigos e familiares que deixaram para trás em busca de uma vida melhor.
 
Em todos os cantos do Mundo, são muitos os sesimbrenses que ainda choram as saudades.
 
Perdem os casamentos dos amigos e familiares, o nascimento dos seus filhos mas sempre vão matando algumas saudades da sua terra no facebook onde acompanham do outro lado alguns momentos.

 
No vídeo abaixo, presenteado à Sesimbra Cultural por um emigrante sesimbrense, pode-se constatar isso.
 
emigrantes


Vídeo da autoria de Hervé Esteves
 
Fotografia ao minuto 2:19 de Dany Lagoa Walk and Photo
 
 
“A culpa é da pressa, do desejo de ver a família. Cada minuto a mais sem vermos aqueles que amamos é uma tortura. Faço a viagem para Portugal de olhos bem abertos, ansiosa de ver a casa dos meus pais. Para Bordéus regresso a dormir, não me importo se chego três horas mais tarde do que o previsto”, conta uma emigrante portuguesa.
 
Os milhares de portugueses que vivem no exterior reúnem-se com bastante regularidade em locais públicos de origem portuguesa, como bares, restaurantes e cafés. A cidade é-lhes estranha e as ruas que percorrem já não são aquelas onde um dia aprenderam a andar e com o passar do tempo esperam poder regressar definitivamente ao país.
 
Nos últimos anos, a taxa de emigração voltou a aumentar. De acordo com os números de Janeiro de 2013, o Instituto Nacional de Estatística indicou que em 2011 emigraram 44 mil portugueses. Já a Secretaria de Estado das Comunidades fala em mais do dobro, afirmando que saíram do país entre 100 e 120 mil portugueses por ano.
 
 
sss
Foto: CMS