web analytics

Cabo Espichel

Cabo Espichel

Santuário de Nª Sª do Cabo Espichel (séc. XVII) e a Ermida da Memória (séc. XV) à beira da falésia, fazem parte integrante do monumental conjunto da Senhora do cabo, um dos mais valiosos do nosso património artístico e histórico». Sublinhe-se o «carácter grandioso deste santuário imponente na sua desolação, perdido na imensidade magnífica da natureza, beijado pelo sibilar do vento marítimo e emerso num silêncio compassado de tempos longínquos», e no qual, «por caminhos inusuais e heterogéneos, um conjunto de edificações conseguiu atingir um impacto de coerência e de monumentalidade, integrando-se com espontaneidade no agreste suporte físico em que está implantado».
 
A presença de um trilho fóssil de pegadas de dinossauros, com origem na praia subindo a falésia até ao planalto onde se encontra o Santuário, deu origem a uma lenda curiosa, que relata a existência de um animal, designado por “MUA”, o qual teria conduzido Nossa Senhora, da praia até ao planalto. De facto, até 1428, a ermida era conhecida por Santa Maria da Pedra da Mua.
 
 

Cabo Espichel

Fotos: Mário Gomes

Romaria que se celebra anualmente no Cabo Espichel, tem origem num culto cristão que remonta segundo um documento régio de D.Pedro I a 1357.